CVM PATIENTIA - Exposição


Convento dos Capuchos, Almada.
De Junho a Setembro de 2011.


De como o Saber, que o mundo aos poucos separou em Arte e Ciência, é na realidade uma e a mesma coisa vista de diferentes perspectivas. Essa consciência leva-nos a uma abordagem mais enriquecedora e interiorizamos que ao querer mudar o que nos rodeia, é inevitável mudarmos também. Com o que nos foi dado à nascença o que podemos fazer? Mudar o quê e em que direcção? Como contribuir para que os nossos actos marquem, embora ligeiramente, o mundo de forma positiva?
A procura de respostas é sempre de reflexão, tentativa e erro mas é sempre preciso agir.
Com paciência tudo se consegue.

Of how Knowing, which the world progressively separated into Art and Science is in fact one and the same thing seen from different perspectives. That consciousness takes us to a more enriching approach and internalization that by wanting to change what surrounds us, it is inevitable that we ourselves are changed. What can we achieve with that which is given to us at birth? Change what and in which direction? How to best contribute so that our actions shape, even if slightly, a more positive world?
The search for answers is always a reflection, attempt and error, but you must always act.
All is achievable with patience.

Sem comentários:

Publicar um comentário